Breaking

Cardápios Diabetes Tipo 1 e 2 , Curiosidade e Dicas




Nutrição e Diabetes estão diretamente relacionadas pois uma boa dieta para diabéticos é realmente eficaz a fim de manter o controle glicêmico.

Uma dieta pobre de açucares e carboidratos pode ajudar a evitar muitas complicações originadas pela doença. A dieta não cura a diabetes, mas fará com que você tenha uma melhor qualidade de vida e mantenha a doença sob controle sem variações ou picos e consequentemente diminuir o uso de medicamentos.

A dieta para quem tem diabetes é fundamental para controlar os índices de glicemia do sangue. Isso porque, os picos de insulinas que ocorrem em pacientes que já diagnosticaram a diabetes é extremamente prejudicial à saúde e pode causar sequelas irreversíveis, como por exemplo, a perda da visão – cegueira – que é um dos casos mais comuns.

A má digestão de certos alimentos, tais como os ricos em açucares e amido, é uma das dificuldades de quem sofre de diabetes. Esses alimentos permanecem um período maior no processo digestivo e com isso, aumentam a glicose na corrente sanguínea. Esse fenômeno é chamado de glicemia (concentração de açucares no sangue). Sendo assim, existe alimentos que precisam ser completamente excluídos da dieta ou então, ter uma quantidade de consumo completamente diminuídas.

Como deve ser um bom o café da manhã para diabético?

O café da manhã é uma refeição muito importante e que não deve ser pulada por ninguém. Para os diabéticos, um bom desjejum pode incluir omelete com queijo minas e brócolis, café com leite desnatado e com o adoçante no lugar do açúcar e uma fruta, sendo o abacate uma boa pedida para o seu cardápio matinal. Até a hora do almoço há a possibilidade de um lanche leve: alguma fruta como, por exemplo, kiwi ou morango acompanhada com linhaça ou aveia.



Pão Para Diabéticos, Qual é o Mais Indicado?

Existem muitas dúvidas sobre qual é o melhor pão para diabéticos. Diante disso, vamos esclarecer agora todas as principais dúvidas sobre o assunto.
O consumo de pão pode dificultar o controle da glicose no sangue, pois eles contêm amido que após a digestão se transforma em açúcar no sangue. Por isso, não deve ser consumido em excesso.
Os pães mais indicados para diabéticos são os ricos em fibras, tais como os de aveia, linhaça, trigo integral e centeio pois as fibras diminuem e retardam a absorção do açúcar pelo organismo. Desse modo, apesar do alto índice glicêmico desses alimentos, podem ser consumidos moderadamente.
O pão para diabético que, muitas vezes, não é recomendado é o pão preto pois a cor escurecida pode indicar à presença de açúcar caramelizado ou mascavo. Nesse caso, é preciso verificar o rótulo do produto pois nem todos são açucarados.
É importante destacar, também, que o pão torrado após o consumo transforma-se em açúcar mais rápido do que os outros tipos de pães, de maneira que deve ser evitado.

E o almoço para diabético? Como deve ser?

Já o almoço deve ser uma refeição que ofereça os nutrientes necessários para suprir as demandas do organismo. Para as pessoas diabéticas, uma opção de almoço é a salada, podendo ser ingerida à vontade e contendo vegetais escuros de preferência. O tempero para a salada pode ser uma colher de sobremesa de azeite do tipo extra virgem ou guacuamole. Arroz integral e brócolis também são bem-vindos, além de uma carne magra, tudo ingerido com moderação e sem exageros.

Nutrição Para Diabéticos:

A redução do consumo de gordura e sal é primordial para o controle da diabetes. Segue alguns exemplos de alimentos indicados para uma boa dieta para diabéticos, como também para hipertensos:
  • Aves (sem pele);
  • Peixes e carnes magras;
  • Leite desnatado ao invés do integral;
  • Queijo branco (Ricota é super indicado) ao invés de queijo gordo (amarelo);
  • Alimentos Ricos em Fibras Solúveis (aveia, farinha de banana verde, farinha de maracujá, semente de linhaça);
  • Verduras (de preferência vegetais folhosos verdes escuros);
  • Cereais;
  • Feijão/ Lentilha/ Ervilhas;
  • Frutas in natura ao invés de suco concentrado de frutas
Sobremesa para diabéticos

A sobremesa pode SIM fazer parte do cardápio para diabético, desde que seja consumida em pequenas quantidades, e seja uma opção saudável, como o chocolate amargo com pelo menos 75% de cacau ou ainda o pudim diet.

O jantar para diabético deve leve e saudável

O jantar não deve ser uma refeição pesada para ninguém e isso inclui as pessoas diabéticas. Um bom jantar pode incluir salada crua, como no almoço, ingerida à vontade, preferencialmente folhas escuras. O tempero pode ser o mesmo da salada comida no almoço. Agora, pode-se ingerir macarrão integral ou sem glúten acompanhado de vegetais, manjericão e uma carne magra. O queijo também é permitido, sendo possível escolher entre o queijo minas e a mussarela de búfala.

E na ceia antes de dormir? O que diabético pode comer?

Para as pessoas diabéticas que gostam de comer algo antes dormir, uma boa opção é ingerir chá, pois existem excelentes opções de chá para diabéticos que atua como um verdadeiro remédio natural para diabetes, e deve fazer parte do seu cardápio. Para acompanhar, uma fatia de queijo do tipo minas, ou uma fatia de pão integral acompanhada de peito de peru.
Bom, agora com todas essas dicas fica bem mais fácil de seguir uma dieta saudável e montar um cardápio para diabéticos tipo 2 ou tipo 1.

Nenhum comentário:

Postar um comentário