Breaking

Porque a Proteína é Importante na Dieta ?



As proteínas são elementos essenciais para o crescimento e reparação, funcionamento e estrutura de todas as células vivas. Hormonas, como a insulina, que controlam o açúcar sanguíneo; enzimas, como as amilases, lipases e proteases que são cruciais na digestão dos alimentos; anticorpos, que nos ajudam a combater as infecções, proteínas musculares, que nos permitem a contração, etc. Assim, as proteínas são efetivamente essenciais à vida!

Diante disto aposto que você já ouviu falar sobre a Dieta da Proteína, ela é uma das dietas mais populares e adotadas por homens e mulheres em todo o mundo. Criada por Robert Atkins, um cardiologista famoso, a Dieta da Proteína, como o próprio nome denuncia, consiste-se em uma dieta cuja base são alimentos ricos em proteínas e restrita para diversos outros.

Também conhecida como Dieta do Dr. Atkins, a meta da Dieta da Proteína é restringir o consumo de determinados alimentos, ajudando o organismo na eliminação do peso de uma maneira consideravelmente rápida. Os alimentos que são fontes de carboidrato devem ter seu consumo severamente restrito. Porém, há uma série de alimentos permitidos na Dieta da Proteína.

A Dieta da Proteína é ideal para aqueles que sentem bastante fome ao longo do dia e acabam comendo lanchinho entre uma refeição e outra, isso porque quem a segue consome bastante carnes, gorduras e fibras – alimentos que ajudam a reduzir o apetite, além de serem pobres em carboidratos.

Como toda dieta, a Dieta da Proteína deve ser feita sob o acompanhamento de um profissional da área, pois há pessoas que devem evitar o consumo de alimentos gordurosos, uma vez que o consumo abusivo de gordura pode influenciar no surgimento ou intensificação de problemas de saúde, como o colesterol alto e as doenças cardíacas.

Como Funciona a Dieta da Proteína ?

Como visto acima, o intuito de quem opta por seguir a Dieta da Proteína é evitar o consumo de alimentos ricos em carboidratos, substituindo-os por alimentos que são fontes ricas de proteínas, para que se consiga perder peso de maneira satisfatória. Isso porque quando deixamos de obter energia pelo consumo de carboidratos, a glicose que circula no nosso corpo diminui, obrigando o nosso organismo a obter a energia que necessitamos no dia a dia de outra maneira: com as reservas de gordura. Desse modo, a gordura que temos armazenada é consumida, nos levando ao emagrecimento.
A Dieta da Proteína não deve ser feita por mais de 30 dias, e estes devem ser divididos em duas quinzenas, com um intervalo de 3 dias entre as duas. Após esse processo, a Dieta da Proteína pode ser repetida, mas é importante que haja pelo menos uma janela de uma semana entre uma dieta e outra, para que o nosso corpo possa se recuperar, já que ele foi privado de consumir diversos alimentos que fazem parte da maioria da vida das pessoas há anos.
Na primeira quinzena da Dieta da Proteína, nós devemos consumir no máximo 20 gramas de carboidratos no total. Essa carência de carboidratos desencadeia, no nosso organismo, um processo em que a gordura corporal é convertida em ácidos graxos e corpos cetônicos pelo nosso fígado. Consequentemente, essas substâncias são usadas pelo nosso organismo como forma de obtenção de energia, que comumente vem dos carboidratos. O nome desse mecanismo que leva ao emagrecimento é chamado de cetose.
Na segunda quinzena da dieta, após o intervalo de 3 dias, certos alimentos entram no cardápio, elevando o consumo total de carboidratos para 40 gramas por dia.

A seguir, confira quais são os alimentos permitidos na Dieta da Proteína: 



Exemplo de Cardápio para a Dieta da Proteína

Esse exemplo de cardápio da Dieta da Proteína serve para nos orientar a como devemos começar a dieta sem grandes dificuldades. Compartilhe os resultados obtidos com as demais pessoas!

Café da manhã:
1 omelete feita com 4 claras e sem gema e 1 salsicha light picada


Lanche da manhã:
Limonada com adoçante à vontade


Almoço:
Uma fatia de pernil assado, berinjela grelhada à vontade, chuchu refogado com cebola e alho à vontade, salada de folhas verdes com palmito à vontade


Lanche da tarde:
Quatro a seis fatias de presunto magro enroladas


Jantar:
Salada de alface, tomate, cebola, cogumelo à vontade, um prato (sopa) de frango desfiado com ovos cozidos, temperado com azeite de oliva, vinagre e um pouco de sal.


Bom, espero que vocês gostem, compartilhe este post para ajudar o Blog.

Nenhum comentário:

Postar um comentário